Arquivos da tag: Boa forma

Xô Celulite: 8 dicas infalíveis

por Bianca Andrade | Tags: 7 de maio | 2015

Levanta a mão quem detesta aqueles furinhos aparentes na pele!? Existem cremes, aparelhos, e muitos tratamentos que auxiliam na diminuição das celulites, mas, o que precisa ser tratado são as causas diretas que levam as mulheres a  loucura quando o assunto é celulite.

‘’A celulite é que um acúmulo de líquido nas células de gordura da camada profunda da pele. Maior recorrência é nas áreas em que existe maior quantidade de gordura no corpo feminino, que são as coxas e as nádegas’’.

Causas da Celulite:

  • Genética
  • Alimentação nada saudável
  • Excesso de sal na alimentação
  • Alterações hormonais e enzimáticas
  • Flacidez e Gordura localizada
  • Ganho de peso e sedentarismo
  • Circulação prejudicada

A alimentação e estilo de vida saudável são os primeiros passos para iniciar o combate da celulite. A atividade física é importante, pois queima a gordura localizada, melhora a circulação e fortalece os músculos.  Para facilitar separei algumas dicas para tratar e diminuir o aspecto da celulite e prevenir futuros furinhos. Comece a seguir as dicas hoje mesmo:

DICA 1: INCLUIR NA DIETA O CHÁ VERDE CHÁ BRANCO

São antioxidantes e anti-inflamatórios e ajudam na produção de colágeno e elastina.

DICA 2: AUMENTE O CONSUMO DE ÁGUA E LÍQUIDOS

A hidratação é essencial para que o corpo funcione corretamente. Beber água é essencial para saúde e hidratação da pele. Na pele desidratada, aparenta ainda mais os furinhos.

DICA 3: INSTESTINO PRECISA ESTAR EM DIA

Atenção para os cuidados para o bom funcionamento do intestino: ele elimina as toxinas que aumentam a celulite.

DICA 4: AUMENTE O CONSUMO DE PEIXES E ÓLEOS SAUDÁVEIS

Eles são ricos em ácido graxo essências que reduzem a inflamação e melhora a textura da pele. Eles melhoram a circulação e ajudam a manter os vasos sanguíneos em pleno funcionamento.

Boas fontes de ômega-3 incluem, sardinha, salmão, canola, azeites e castanhas. Ácidos graxos ômega-6 são encontrados em alimentos como óleos de açafrão e girassol.

DICA 5: SUBSTITUA OS REFINADOS POR INTEGRAIS

São ricos em fibras, vitaminas e minerais. Os alimentos integrais ajudam no controle do peso e absorção de gordura. Eles também evitam picos de glicemia que podem virar gordurinhas acumuladas, deixando as celulites mais aparentes. Insira o pão integra, massas, arroz integral e quinoa.

DICA 6: PROGRAME-SE PARA COMER FUTAS, VEGETAIS E FOLHOSOS

Prefira as frutas com alto teor de água, rico em nutrientes funcionais e que ajudam na drenagem linfática: melancia, melão, uva, morango, limão, abacaxi, mamão papaia, entre outros.

Frutas vermelhas ajudam a eliminar as toxinas e radicais livres.

Vegetais de folhas verdes como couve, rúcula, espinafre contêm um oxidante chamado luteína. Há algumas evidências que esta substância pode aumentar a hidratação e a elasticidade da pele. Vegetais com alto teor de água necessitam de atenção: brócolis, couve-flor, pepino e abobrinha. O tomate, a melancia e a goiaba são rico em licopeno e previne a perda de colágeno na pele, essencial para evitar a celulite

DICA 7: A IMPORTÂNCIA DOS ALIMENTOS COM VITAMINA C

A ingestão de vitamina C pode aumentar os níveis de colágeno, que é a proteína encontrada nos tecidos conjuntivos do organismo. Isso pode fortificar os tecidos e reduzir a aparência da celulite. Boas fontes de vitamina C são cenoura, laranjas, acerola, limão, frutas vermelhas e abacaxi.

DICA 8: ALIMENTOS FONTE DE PROTEÍNA VEGETAL E ANIMAL

Uma dieta rica em proteínas melhora o tônus muscular a Judá na composição e volume de massa magra, o que melhora bastante a aparência da celulite. Uma dieta rica em proteínas aumenta a saciedade e gera menor consumo de calorias. Faça sua listinha de compras: peixes, carnes magras, peito de frango, frango sem pele, nozes, castanhas, feijões, trigo e ervilhas.

Lembrete Importante: Diminua o consumo de sal, açúcar, bebidas alcoólicas e alimentos industrializados (presuntos embutidos, lasanhas, sorvetes, biscoitos, salame, salsicha e refrigerantes). Eles aumentam a retenção de líquidos e prejudicam o sistema circulatório. São ricos em toxinas e aumentam o processo de envelhecimento da pele.

Curtiram as dica? Querem tirar dúvidas? Estou disponível no Instagram @nutri_iza. Vamos bater um papo?

 

 

 

 

 

AUMENTAR PESO E MASSA MAGRA/MUSCULAR

por Bianca Andrade | Tags: , 23 de abril | 2015

O post de hoje servirá para você que tem dificuldades de ganhar massa magra ou para aqueles que desejam  ganhar  volume e peso com de forma saudável. Se você quer ganhar massa muscular você precisa comer alimentos de boa qualidade (Sim é isso mesmo: COMER!!!).  Já ouviu falar em #comidaDeVerdade ou #DietaLimpa? Não adianta comer doces, refrigerante ou alimentos com calorias vazias. O exercício é essencial, principalmente aqueles com pesos e uso de força. A liberação do hormônio de crescimento aumeta depois de sessões de musculação por exemplo.

A base dos alimentos para ganho de massa muscular deve alimentos fontes de carboidratos, pois eles oferecem energia em forma de combustível. Deve fazer parte da dieta alimentos fontes de proteínas que atuam no crescimento muscular e recuperação pós exercício físico #NoisEhMagraMaspuxaUmFerro (Rs..). Anota aí! J

OVOS

Essenciais para a construção de massa muscular, recuperação do músculo após treinamento de força e manutenção do tecido muscular.  A Clara do ovo é rica em proteínas e possui aminoácidos de rápida absorção. A gema do ovo deve ser consumida por ser rica em gorduras boas, biotina e ferro, nutrientes essências para saúde das células do corpo.

GORDURAS DO BEM

Ricas em gorduras boas, vitaminas e minerais essências que ajudam na construção e volume muscular.  As gorduras do bem são densas em calorias e nutrientes, o que é excelente para quem deseja aumentar a com massa magra. Ricas em selênio e Vitamina E que combatem os processos inflamatórios gerados pelo exercício físico. Tipos: Nozes, amêndoas, macadâmias, castanha de caju, castanha do Pará e amendoim. A manteiga de amendoim é uma ótima opção para  ganhar massa. Prefira as versões naturais, sem açúcar e sem aditivos #leiorotulos. Gorduras boas são essenciais para o crescimento muscular ela tem um papel essencial na produção de hormônios do crescimento que são responsáveis pelo desenvolvimento muscular e ganho de força.

BATATA DOCE:

Rica em fibras, portanto a liberação de energia na corrente sanguínea e mais lenta, por isso ela é indicada no pré-treino e no pós-treino. Também é rica em vitamina A. Músculo não pode ser construído apenas com proteína. Carboidratos fornecem a energia que você precisa para trabalhar duro e treinar firme. Batata doce fornece vigor extra sem sobrecarregar seu organismo com carboidratos simples e de rápida atuação. Você percebe que a batata doce é um carboidrato de baixa concentração glicêmica, o que significa que ela libera energia durante um período para lhe manter em ritmo acelerado por mais tempo.

AVEIA:

Ricas em fibras e muitos nutrientes que também auxiliam na saúde do coração. Rica em carboidrato de lenta absorção o que ajuda na preservação de energia e ajuda a queima ou acúmulo de gordura. Rica em fibras, vitaminas e minerais.

FRANGO

As proteínas de origem animal são consideradas proteínas de alta qualidade, importantes para manutenção e reparo dos músculos e para a saúde óssea. O frango (melhor ainda o peito e frango) é a melhor opção para quem precisa de proteína, mas não quer consumir altas porções de gordura saturada e colesterol. Um filé grande tem 32 gramas de proteína e quase nada de gordura. Se você prefere a carne vermelha, fique com os cortes magros (coxão mole, patinho, alcatra).

IOGURTE NATURAL

Fonte de proteína, o iogurte é uma boa opção de lanche pós-treino. O ideal é consumi-lo imediatamente após a o treino ou até no máximo 30 minutos depois. Nessa fase, a proteína é super aproveitada para a recuperação e a construção do músculo. Combinar proteína e carboidrato de digestão rápida é 40% mais eficiente na recuperação e desenvolvimento do músculo que a proteína sozinha.

GRÃOS E MASSAS INTEGRAIS

Quatro horas depois, os exercícios ainda exercem efeitos benéficos nos músculos.  A escolha dos lanches pré e pós-treino são IMPORTANTÍSSIMOS para o ganho de massa muscular. Longe dos horários dos treinos, prefira os de baixo ou médio índice glicêmico, como pães, massas integrais e arroz integral. Como eles são ricos em fibras eles liberam energia aos poucos e promove a sustentação desses níveis de energia e da saúde em geral. O arroz integral pode ajudar você a melhorar os níveis de hormônio do crescimento que são fundamentais para estimular o crescimento da massa muscular magra, perda de gordura e ganho de força.

PEIXES

Além da proteína, o salmão é boa fonte de ômega 3, gordura que ajuda a combater os processos inflamatórios provocados pelo exercício, facilitando a recuperação dos músculos. Quanto mais rápido as fibras musculares se recompõem, maior é o ganho de massa magra. Outras excelentes fontes: filé de Saint Peter e atum. São opções que você pode incluir nas refeições ou em um sanduíche que deve ser consumido até uma hora antes do exercício ou logo depois.

BANANA

Minutos antes do treino você precisa da energia rápida proveniente do carboidrato. A banana é ótima opção para lanche pré-treino. Rica em potássio, mineral que participa da produção de glicogênio (reserva de energia do músculo), ela é uma fruta rica em carboidratos e vitaminas do complexo B.

RECEITA DA SEMANA: PANQUECA DOCE PARA CAFÉ DA MANHÃ

Gostou das dicas?! Quer falar comigo e tirar dúvidas? instagram @Nutri_iza

Bj da Nutri,

Desvendando os rótulos

por Bianca Andrade | Tags: , 9 de abril | 2015

Olá Pessoal! Muitas pessoas ficam com dúvidas na hora de escolher as opções mais saudáveis e menos artificiais nas prateleiras dos supermercados. É zero açúcar mesmo? Tem aditivos químicos? Tem gordura trans? Quem já tentou ler a lista de ingredientes de um produto e não conseguiu pronunciar as palavras? Se você não consegue ler o nome dos ingredientes que fazem parte do alimento que você ingere já pensou em seu organismo que é obrigado a digerir tudo isto? A primeira regra é clara: Não conseguiu ler e nem entender: fique de olho e participe do #euleiorotulos, poste as suas dúvidas.

O objetivo do post não é fazer ‘’terrorismo’’, muito pelo contrário. Quero destacar que existe sim a possibilidade de comprarmos alimentos prontos e práticos, porém, faz-se necessário entender melhor sobre os rótulos dos produtos para você acertar na escolha. Existem leis no Brasil sobre rotulagem, mas, se a indústria alimentícia cumpre isso, é outra questão! Se algumas marcas conseguem ótimos produtos naturais, por que outras marcas não fazem o mesmo? Precisamos consumir gordura hidrogenada (gordura trans) ou açúcar disfarçado nos alimentos? Como o organismo reage com tantos aditivos, corantes e sabores artificiais? A resposta é clara: Muitos dos itens que fazem mal ao nosso corpo aumentam o tempo de vida de prateleira do produto (não estraga tão rápido quando comparado com produtos em seu estado natural), oferecem mais sabor ao produto, melhora a textura e o lucro para a indústria é cada vez maior.

DICAS RÁPIDAS PARA ESCOLHER OPÇÕES MAIS SAUDÁVEIS NO SUPERMERCADO:

DICA 1: Comece a ler a LISTA de ingredientes que obrigatoriamente vem em todos os alimentos embalado. Não estou falando da tabela de informação nutricional, aquela que cita as calorias e nutrientes, mas, sim da lista de ingredientes (normalmente está escondida). Faça um teste. Com esse hábito, você vai perceber que nem todas as marcas/produtos são ruins. Uma questão de preocupação e escolha J.

DICA 2: Se você não sabe o que é aquele ingrediente de nome difícil, seu corpo também não vai saber. Ou seja, dê preferência aos ingredientes reais e naturais. Segundo a Anvisa, os ingredientes do alimento aparecem na ordem decrescente de quantidade. Portanto, se procura um item integral, veja se o primeiro ingrediente é realmente a farinha integral. Tenha atenção especial quando o açúcar e as gorduras constarem no topo da lista. Evite produtos que tem como o primeiro e segundo ingredientes: açúcar, xarope, farinha de trigo fortificada com ferro e ácido fólico (que nada mais é do que farinha branca refinada). Preferir os alimentos que na lista de ingredientes iniciem a composição com: farinha de trigo integral, farinha de arroz integral, aveia, etc. Veja abaixo:

DICA 3: Ao observar a lista de ingredientes, prefira aqueles com ingredientes naturais e integrais. Se você quer um iogurte com sabor laranja, mel e cenoura faça você mesmo a sua versão com alimentos de verdade + iogurte natural a base de leite! Nutri, não tinha parado para pensar nisso? Sim, pense, pois veja o que tem em um copinho aparentemente indefeso de iogurte com sabor: corantes, xarope de açucar, amido..veja abaixo.

Outra Observação: Não adiante ter zero gordura e possuir adoçantes artificiais, farinha/amido ok? Pense nisso. Faça a sua versão: Morangos + chia + 5 amêndoas + 1 copinho de iogurte natural. O açúcar do morango ou se quiser usar mamão já adoçam o suficiente. Se preferir adoce com mel ou stevia.

DICA 4: Prefira produtos com baixo valor para gorduras saturadas, gorduras trans e sódio e produtos com alta quantidade fibras alimentares. Por falar em gordura trans: gordura vegetal hidrogenada (mesma coisa). Ela está presente regularmente em alimentos industrializados, como biscoitos, sorvetes, salgadinhos prontos, cremes vegetais e alimentos fritos. Nosso corpo não precisa, não reconhece esse tipo de gordura e quando consumido em grandes quantidades pode afetar de forma direta a nossa saúde.

ATENÇÃO: Será que o aviso na embalagem do produto: ‘’ZERO TRANS’’ é zero mesmo? Para nossa tristeza, a legislação, só exige que sejam registrados valores acima de 0,2 g por porção de gordura trans no alimento, ou seja, qualquer valor abaixo disso pode ser declarado como zero L.Ou seja: é um zero que não é zero. Onde está o erro? Veja abaixo…

O biscoito é de água e sal ou farinha de trigo e gordura vegetal?? O wafer de chocolate aparentemente perfeito por não conter açucar, tem a gordura vegetal em maior quantidade e muitos compontes químicos.

Dúvidas? Entre em contato comigo pelo instagram ou na #leiorotulos ou #bocarosamaisfit